Transporte de Carga: saiba como funciona este processo

O principal objetivo de uma gestão logística de distribuição é disponibilizar a quantidade certa de mercadorias na hora certa e no lugar certo, por isso devemos primeiro perceber isso para entender como funciona o processo de transporte de carga no Brasil. 

Para que as operações sejam lucrativas para as empresas, os processos precisam ser otimizados.

É importante para uma empresa, seja uma transportadora internacional ou uma transportadora que trabalhe dentro do nosso país, siga todos os padrões de proteção e qualidade, e dentro do prazo acordado com o cliente. 

Escolher as melhores e mais confiáveis empresas de transporte para realizar o serviço pode ser útil, assim como ficar atento a quaisquer melhorias nos processos de distribuição e transferência de um ponto para outro.

O processo de transporte e distribuição da carga é muito complexo e dividido em poucas etapas. 

É importante enfatizarmos a importância de ter a equipe certa para desempenhar todas as funções requeridas neste artigo.

Quais profissionais trabalham em uma transportadora?

Antes de tudo, uma empresa de transporte de carga precisa de profissionais qualificados em posições de extrema importância para cada etapa do processo logístico. 

Alguns desses profissionais podem ser destacados.

  • Assistentes: As faturas são emitidas, o cálculo do frete é feito e o acompanhamento dos contratos é feito através desses profissionais;
  • Analistas: é o profissional responsável por criar análise dos procedimentos realizados;
  • Auxiliares: a organização, separação e carregamento das cargas no veículo é feita por este profissional
  • Conferentes, que realiza a verificação das cargas;
  • Coordenadores, gerentes e supervisores: realizam a supervisão por completo, desde o pedido até a entrega da carga.
  • Motoristas, responsáveis pela entrega até o destino final.

As etapas da distribuição e do transporte de cargas

Administração do transporte

Análise de custos, escolha do transportador e verificação da estrutura necessária são alguns dos fatores fundamentais para que o serviço tenha um bom desempenho.

Nesta fase, uma boa gestão é necessária para que o serviço seja eficaz e eficiente, por isso é normal que haja várias negociações entre a empresa e o transportador.

Conferência da carga

É necessário verificar a quantidade e o tipo de carga após o envio da etapa final dentro de um centro de distribuição. Erros nesta etapa podem levar a perdas tanto para o distribuidor quanto para o varejista. 

Como é necessário prestar atenção ao prazo de validade do produto, o cuidado com o transporte e especialmente com a verificação é ainda maior no caso de cargas perecíveis.

Roteirização da entrega

O transporte de carga precisa ser bem planejado para não causar perdas para a empresa. A utilização dos recursos de transporte depende do tempo de entrega, dos custos, dos prazos e da qualidade. 

As melhores rotas, ou seja, aquelas com o menor tempo, distância e qualidade, são as que os distribuidores estão apostando.

Controle do transporte de carga

Ao fazer o controle logístico, a empresa é capaz de melhorar o processo, ganhar velocidade nas operações e aumentar o controle financeiro. 

O controle de todo o ciclo de contratação de transporte pode ser dado às empresas que gerenciam este processo. Existem ferramentas no mercado que podem permitir o monitoramento de todo o processo, como a verificação das faturas, ocorrências de atrasos, anulação de entrega, confirmação de embarque, entre outras informações.

Descarregamento, roteirização e entrega da carga

Os centros de consolidação têm destinos finais diferentes para grandes volumes de carga que chegam por diferentes tipos de transporte. 

As cargas descarregadas e encaminhadas acontecem nesta etapa. Na maioria das vezes, os veículos pesados são descarregados e as mercadorias são carregadas nos veículos menores.

Análise de indicadores

Os indicadores de desempenho logístico são usados para avaliar e medir o nível de desempenho do processo e devem atender à estratégia e ao objetivo dos distribuidores. 

Há uma série de indicadores líderes no ambiente de distribuição.

  • Tempo em trânsito;
  • Devoluções;
  • Exatidão das notas de transporte;
  • Pontualidade das entregas.

About the author

itil

View all posts

1 Comment

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *