Conta corrente: Dicas para conseguir taxas mais baixas na conta corrente

Hoje em dia no Brasil, é impossível não ter uma conta corrente. Todos nós dependemos desse serviço oferecido por bancos e financeiras. Seja para guardar dinheiro ou realizar atividades como pagar nossas contas.

O problema é que, com essa dependência, os bancos e financeiras colocam taxas muito altas no serviço de conta corrente. Algumas taxas podem ser abusivas.

Mas, se você deseja abrir uma conta corrente e não quer pagar altas taxas para isso, veja as dicas para conseguir taxas inferiores.

Dicas para conseguir taxas baixas na conta corrente

Pesquise bastante a concorrência

Existem muitos bancos e financeiras que oferecem o serviço de conta corrente e, com o aumento da concorrência, as taxas de juros também são impactadas. Por isso, é importante que você faça uma pesquisa antes.

Analise as taxas de todos os bancos para encontrar qual é a opção com menor custo. Esse parece ser um critério básico porém, poucas pessoas fazem quando se trata de conta corrente.

Verifique o custo das transações

Além das taxas próprias da conta corrente, os bancos também cobram custos para transações. Normalmente disponibilizam um pacote com um número de transações que você pode fazer de forma gratuita. Mas, depois que esse número se esgota, você precisa pagar as transações.

Alguns bancos disponibilizam até a abertura gratuita da conta, mas fique atenta a essas taxas de transações. Pois, podem ser mais caras e acabar não compensando o valor da conta corrente.

Conta Salário

Uma opção vantajosa para quem utiliza a conta corrente apenas para guardar dinheiro e não necessita de muitas transações, é a conta salário.

Com a conta salário, você pode ter uma conta corrente com custo zero. Porém, ela possui vantagens limitadas em relação as demais opções de conta corrente.

Se você deseja abrir uma conta corrente, existem sites aonde você pode pesquisar com poucos cliques em vários bancos e financeiras ao mesmo tempo para encontrar a melhor opção.

About the author

beto

View all posts

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *