Como aumentar as visitas em seu site

Quando mais acessos em um site melhor para ele tanto no posicionamento nos buscadores quanto no aumento das vendas e na captura de leads. No entanto, um grande desafio da maioria dos negócios que funcionam através da internet é aumentar o acesso do site.

Se você é um empreendedor, definitivamente, é importante ter um site com conteúdo relevante e principalmente: ter mais visitas.

Se você chegou até aqui é porque também está com o mesmo problema e quer aprender como aumentar as visitas em seu site. Para lhe ajudar como fazer isso separamos os pontos principais de uma otimização SEO que os buscadores levam em consideração em um site.

Aprenda como aumentar as visitas em seu site

O que você verá abaixo são dicas que vão ajudar a melhorar o número de visitas no site em longo prazo fazendo com que ele tenha um melhor posicionamento nos buscadores, observe o que é preciso fazer.

Faça otimização no seu site

A otimização de site é importante que ele atinja o maior número de pessoas de forma orgânica. Para isso, as páginas do seu site devem estar otimizadas para aparecer nos buscadores.

Além disso, o seu site deve carregar a página rapidamente e o seu layout deve ser responsivo para se adaptar a todos os dispositivos móveis.

Use as palavras-chaves certas para os buscadores

Um segredo para quem deseja aprender como aumentar as visitas em seu site é usar as palavras-chaves corretas para servir como iscas. Elas ajudaram a atrair as pessoas e para você fazer isso é necessário criar uma persona.

Ao definir o perfil do seu público-alvo, ficará mais fácil chegar aos termos que as pessoas estão buscando na internet. As palavras-chaves não servem apenas para levar os visitantes até o seu site elas também servem para atrair um público qualificado.

Faça anúncios pagos

Fazer anúncios pagos é uma dica obvia, mas ela é muito eficiente você pode anunciar no Google Ads, Facebook Ads e entre outras plataformas, a grande vantagem é que além de aumentar as vistas em seu site é possível segmentar o anúncio para determinado público-alvo, aumentando ainda mais chances de conversão.

Esteja presente nas redes sociais

Apenas publicar conteúdo não é suficiente para aumentar os acessos no seu site é importante estar presente nas redes sociais, para fazer com que os seus seguidores visitem o site diariamente.

Como um bom empreendedor, é necessário sempre publicar conteúdo que chame a atenção do público. No entanto, você precisa ter mais conhecimento em marketing digital para traçar estratégias que sejam eficazes tanto para aumentar o acesso do site quanto para captar mais leads.

Use a estratégia de guest post

A estratégia de guest post é antiga, mas ainda é eficiente para aumentar os acessos de um site, porque ele ajuda nos fatores de ranqueamento do Google melhorando a posição da página no ranking de busca.

Para colocar em prática você precisa encontrar sites que aceitam post de convidado, então você entrega um texto original e em troca ganha um link que aponta para o seu.

Use o e-mail marketing

Se você possui uma lista de e-mail marketing pode utiliza-la para enviar para as pessoas cadastradas um link para determinado post do seu site, assim você deixa a lista de contatos aquecida e ainda aumenta as visitas do site.

As dicas que foram passadas aqui são para pessoas que desejam aprender como aumentar as visitas em seu site, porém é importante que você saiba que o aumento das visitas estar relacionado ao conjunto de estratégias e também ao tempo de espera que é necessário para que elas funcionem.

Todas as estratégia precisam de tempo para trazer o resultado esperado de forma orgânica, ou seja, visitas que vem gratuitamente dos buscadores, mas se você quer aumentar os acessos o mais rápido possível a única opção é anunciar nas principais plataformas como Google Ads, Bing Ads, Facebook Ads e entre outras.

Como ser um programador PHP

PHP é provavelmente a linguagem de desenvolvimento web mais popular do momento.

Por isso, destaquei aqui algumas dicas para quem deseja ser um melhor programador PHP.

Conheça as classes fundamentais do framework

De acordo com o curso PHP do zero ao profissional, se você está tentando fazer algo que parece bastante comum, as chances são, já há uma função ou classe PHP que você pode se aproveitar.

Verifique sempre o manual do PHP antes de criar as suas próprias funções.

Atribua nomes de variáveis com significado

Quando as variáveis são usadas em PHP, é obrigatório usar um nome que está associado a ele, isso é considerado importante em PHP como o tipo de variável não é declarado em php.

Os detalhes sobre o tipo de dados sendo armazenados podem ser, por exemplo, se uma variável faz uso de um inteiro, então ele pode ser usado para o seu início.

Crie arquivos de configuração para suas aplicações

Em vez de ter suas configurações em diversas partes do seu sistema é muito melhor centraliza-las em um arquivo único.

Se você precisar mudar detalhes mais tarde, você pode fazê-lo em um arquivo em vez de vários arquivos.

Isto também é muito útil quando você precisa usar outras constantes e funções ao longo de vários scripts.

Usando um arquivo de configuração é um popular padrão de aplicação web que torna o seu código mais modular e mais fácil de manter.

Use mais padrões de projeto

Padrões de projeto são recursos que todo bom programador deve saber em mãos. Para problemas comuns em projetos, essas soluções padronizadas são reutilizadas em diversas soluções.

Qual é a visão dos especialistas sobre o Ecommerce em 2019

Alguns especialistas estão bastante otimistas sobre o comércio eletrônico vai superar 2 trilhões de dólares em vendas nos próximos anos. Isso se deve a cada vez mais frequente sua utilização e menor receio por parte dos consumidores ao comprar pela Internet.

Por isso, nós decidimos criar um artigo explicando algumas estratégias e passos corretos para iniciar corretamente um ecommerce de sucesso.

Faça estratégias corretas de SEO

Se você nunca fez um ecommerce do zero, é difícil entender como o processo é demorado e detalhado.

Ao olhar para qualquer site de comércio eletrônico, você nunca pensar sobre o fato de que alguém tinha que criar conteúdo e individualmente carregar cada um dos produtos.

Não apenas isso, imaginar que alguém teria negociar com cada fabricante para ser capaz de listar seus produtos online, antes que o processo de listagem real mesmo começa.

Além de todo o trabalho que leva para realmente construir o site, a partir de minha experiência de agência de marketing, eu entendi como frustrante poderia ser ter este site funcional e modelo de negócio que você trabalhou tanto, mas não gerar tráfego orgânico.

Então, iniciamos nossa estratégia de SEO mais cedo, um ano antes do lançamento do site, enquanto simultaneamente construímos nosso site. De qualquer forma, precisávamos deste tempo para o desenvolvimento, então por que não aproveitar ao máximo e matar dois pássaros com uma pedra.

Abaixo está uma lista de todos os passos que demos para começar e construir com sucesso o nosso site de e-commerce:

Compra um nome de domínio

Isto é bastante simples. Você precisa de um nome de domínio que irá identificar perfeitamente a sua marca. Não pense tanto no processo. Usando um site como Registro.br, você pode comprar um nome de domínio por menos de 40 reais.

Você também precisará de um serviço de hospedagem de sites para armazenar seu site e assim, responder as interações do seu usuário.

Encontre um bom desenvolvedor de software

Este é um componente crucial no lançamento do seu site de comércio eletrônico.

Se você quiser lançar o seu site em um período de tempo relativamente curto e de uma forma profissional, certifique-se de fazer a sua verificação quando se trata de contratar um desenvolvedor.

Se preferir, você pode obter um framework completo de ecommerce através do curso Ecommerce do Zero.

Muitas vezes, os empresários avançam com um desenvolvedor sem fazer a sua devida diligência em termos de investigação.

Não deixe que isso aconteça com você, pois ele pode parar o seu site antes que você realmente começar. Se você quiser saber mais sobre quanto tempo seu site de e-commerce deve levar para o lançamento, sinta-se à vontade para entrar em contato com um especialista em web design.

Regulamente sua empresa

Arranje toda a papelada necessária para um negócio legítimo.

Registe a sua empresa junto ao governo federal, obtenha uma licença de vendedor e comece a investigar questões de negócios legais.

Você deve contatar um escritório de advocacia para ajudar na regulamentação do negócio. Embora seja um custo inicial, provavelmente irá poupar-lhe dores de cabeça e despesas significativas no futuro.

Se você está iniciando uma sem fins lucrativos, verifique com o escritório do Procurador-Geral do Estado para saber que licenças de caridade e arquivos são necessários.

Por último, necessitará dos documentos organizativos adequados. Contacte o seu advogado para obter mais informações, mas este não é um passo a ser ignorado ou ignorado.

comparação entre investimentos

Poupança x Tesouro Direto

Poupança ou Tesouro Direto

Poupança ou tesouro direto? É comum surgir essa dúvida entre as pessoas que desejam investir, pois são aplicações que possuem baixo risco. No entanto, qual das opções é a melhor?  Saber escolher o investimento certo é muito importante e em médio e longo prazo faz toda a diferença.

A poupança há muitos anos é considerada a “queridinha” quando o assunto são finanças pessoais.  Segundo o Banco Central são mais R$ 640 bilhões aplicados. Este número impressiona bastante, mas o que chama a atenção também é que uma parte da população não conhece outra forma de investimento que possua ganhos mais elevados.

Outra modalidade de investimento é o tesouro direto ele é semelhante à poupança, porém a sua rentabilidade é maior. Para ajuda-lo a decide qual desses investimentos é o melhor para você observe.

Poupança ou tesouro direto qual escolher?

investimento em trading esportivo

Se você investi dinheiro na poupança deve ter em mente que fazer esse tipo de investimento é mesma coisa de deixar o dinheiro de baixo do colchão. O ideal é procurar outra opção rentável, como o tesouro direto. Saiba mais sobre investimentos de trader esportivo que também tem excelentes rendimentos.

Ao fazer uma comparação entre os investimentos é possível perceber que são aplicações de renda fixa e que oferecem uma forma segura de fazer o seu dinheiro crescer.

No entanto, mesmo sendo semelhantes à poupança é considerado um dos piores investimentos de renda rixa que alguém pode fazer por conta do seu rendimento, mesmo assim continua sendo a aplicação querida dos brasileiros.

Isso acontece pela falta de informações sobre outras formas de investimento. A aplicação do dinheiro na poupança é uma cultura que precisa ser mudada. Portanto, faça com a maioria das pessoas estão fazendo busque mais conhecimento sobre o tesouro direto e poupança para aplicar melhor o seu dinheiro e ganhar mais.

Rentabilidade da Poupança e do Tesouro direto

A rentabilidade da poupança é estabelecida pelo o governo. Por canta disso ela funciona assim:

  • Supondo que a taxa Selic é maior ou igual a 8,5% ao ano, o seu rendimento será 0,5% ao mês + TR (taxa referencial).
  • Se por acaso a taxa Selic fique abaixo de 8,5% ao ano, o seu rendimento será de 70% da Selic + TR.

Então levando em consideração a taxa Selic atual, de 6,50% ao ano, o rendimento da poupança fica em torno de 4,55% ao ano. Em relação ao ganho real isso é desconsiderar a inflação acumulada de 2,76%, o retorno efetivo é apenas 1,79% ao ano.

Já o tesouro direto a sua rentabilidade é próxima do CDI, o benchamark da renda fixa. No entanto, varia de acordo com cada titulo escolhido que é subdivido em três partes:

Atrelados à inflação:

Esse investimento paga uma taxa fixa mais o IPCA do período, para você entender melhor, observe o exemplo, 4,0%+IPCA. Conhecidos como Tesouro IPCA+ e Tesouro IPCA+ com juros semestrais.

Títulos prefixados:

São títulos que possuem uma taxa anual fixa, por exemplo, 10% ano. Com os juros da economia esse titulo pode ser vantajoso, ele é oferecido com tesouro direto prefixado e tesouro prefixado com juros semestrais.

Títulos indexado com a taxa Selic:

O rendimento deste título está atrelado à taxa básica de juro. Por conta disso, ele é considerado um dos melhores investimentos onde é possível acompanhar o rendimento dos títulos no mercado.

Com ele os investidores ganham exatamente os 100% da taxa Selic daquele período.

Então fazendo uma comparação entre a poupança ou o tesouro direto, levando em consideração que o  CDI ficou acumulado em torno de 8,10% a caderneta apresenta rendimentos baixos.

Considerando o ganho real, os títulos podem retornar cerca de 5,0% ao ano, isso significa que são mais de 3% que vem diretamente para você. Ao calcular a poupança, você percebe que está deixando de ganhar quase o dobro que o tesouro direto oferece.

O resultado é mais perceptível em médio e longo prazo, quando ele conta com os juros compostos e taxas maiores.

Conclusão

É comum fica em dúvida entre poupança ou tesouro direto, porém como você observou as duas opções de investimentos são conservadoras, mas o tesouro direto rende mais em comparação com a poupança.

Não deixe o Dinheiro Acabar com o seu Relacionamento

Vários estudos apresentam as dificuldades financeiras, a relação de casal como a causa mais frequente de separações, muito mais do que a infidelidade, as tarefas do lar ou dos problemas sexuais.

Os problemas de dinheiro afetam diretamente a relação de casal, devido a que aumentam o isolamento, o stress relacionado com o trabalho, a baixa auto-estima e depressão.

O dinheiro dentro de uma relação é um assunto delicado, difícil de falar e difícil de fazer. Muitas pessoas pensam que não se deve misturar amor com dinheiro, mas no caso de uma relação sólida e que planeja crescer com o tempo, é muito importante deixar esse assunto bem claro, para evitar depois de mal-entendidos.

O dinheiro é um assunto tabu dentro do casal, e, no entanto, a única maneira que não danifique uma relação é tirá-lo à luz claramente. Falar e discutir sobre as finanças entre os dois é necessário e, no momento em que se faz, a tensão desaparece instantaneamente, não importa a gravidade da situação.

Se os problemas econômicos estão afetando sua relação de casal, siga as seguintes dicas e começará a se sentir mais tranquilo em seu relacionamento, mesmo que a situação econômica seja a mesma.

Na comunicação:

– É importante falar de como você deseja lidar com o dinheiro e os modelos com que cada um foi educado em sua casa.

– Interésate sobre a economia da família. Sabe e entende-se que a situação econômica se encontram.

– À medida que o relacionamento avança e os temas do casal são mais íntimos, se podem abordar temas como custos, redução de custos, dívidas, necessidades, etc.

– Não faça valer o seu dinheiro quando você não está falando de um assunto específico. “Eu sou aquele que traz o dinheiro para casa”, “Sai do meu bolso”, “Não valorize o dinheiro, porque não sais a ganártelo”, “Eu trago mais, depois eu decido”. São frases muito dolorosas que podem fazer perigar uma relação se são ditas em um contexto inadequado.

– Evita a dependência econômica-emocional. O melhor é que trabalhem as duas partes, mas no caso de que não se pode premiar o trabalho em casa com um subsídio mensal para as despesas pessoais.

Em o fazer:

– Sente-se a desenhar com o seu parceiro, uma tabela com os gastos fixos que pressupõe viver juntos. A declaração de rendimentos, os serviços, as saídas, a comida. Deste modo você terá uma visão clara do que é necessário e como distribuir.

– Contas bancárias. Uma conta bancária comum é muito confortável. Ambos fazem suas contribuições mensais, e se apenas um membro do casal trabalha, a outra pessoa tem acesso a sua conta e pode conhecer o estado atual da situação econômica.

– Créditos e hipotecas. Ter uma hipoteca juntos é como ter um filho. Vão passar cerca de 20 anos antes que ele desapareça. Quando se assume um compromisso dessas dimensões, há que falar-muito bem, muito devagar, e durante vários dias. Há que esclarecer como é que você vai pagar, e o que acontece se um dos dois ficar sem trabalho ou se divorciam.

– Despesas pessoais: em caso de que tudo se ponha na mesma conta, é necessário consultar ou contar com o outro na hora de fazer um gasto pessoal significativo.

– Sempre a poupar 10% do que cada um recebe e em tempos de crise, reinará a tranquilidade em casa.

– Agendamento de reuniões a cada certo tempo (mensal, trimestral, semestral, anual) para falar sobre as mudanças necessárias para fazer com relação ao dinheiro.

Lembrem-se, o mais importante é que prevaleça o amor, a ajuda mútua e a cooperação do um ao outro como casal e líderes de uma família.

Yesss!! Tenho um Blog! Bem-vindos..

Já tenho um blog! E aqui espero compartilhar este percurso pelo mundo de pessoas mais velhas que eu tenho o privilégio de viver.

Segue comigo a cada dia esta intensa experiência que combina inovação, investigação, perícia, casos reais e, sobre tudo, minha paixão por nossos idosos.

Amo a todas as idades!! Acompanhe meu blog, e veja notícias sobre saúde, bem-estar, negócios, entretenimento, viagens.. e muito mais!!